Artigos

Qual o tempo de validade de uma prótese de silicone?

16 de outubro de 2019

Essa foi uma das perguntas que a paciente que me procurou para colocar próteses de silicone me fez. É uma dúvida muito frequente, talvez seja também a sua.

As próteses de silicone podem com o passar dos anos sofrer um processo em que existe a formação de uma cápsula ao redor da prótese e esta cápsula se torna cada vez mais dura e rígida. Este processo é chamado de contratura capsular. Quando ele ocorre a paciente pode apresentar dor nas mamas, rigidez a palpação das mamas e até uma alteração do formato da mama. O tratamento da contratura capsular envolve a troca das próteses por próteses novas.

As próteses de silicone mais antigas costumavam apresentar contratura capsular por volta dos 10 anos de colocação. Por isso criou-se o estigma que, após 10 anos, as próteses deveriam ser trocadas. Atualmente, com a modernização da tecnologia de produção das próteses, a contratura ocorre numa freqüência muito menor. Estudo científico recente publicado na revista da Sociedade Americana de Cirurgiões Plásticos realizado com 572 mulheres observou que o risco de desenvolver uma contratura após 10 anos foi de apenas 3,6%. Isso significa que mais de 95% das mulheres não tinham nenhum sinal de contratura após 10 anos de uso das próteses.

A referência do estudo é esta: https://journals.lww.com/plasreconsurg/Abstract/2017/12000/Mentor_Contour_Profile_Gel_Implants__Clinical.9.aspx

Por esse motivo, explico para minhas pacientes que não há necessidade de trocar as próteses após 10 anos, e que o tempo de validade da prótese é provavelmente em geral bem superior a esse período. Isso não significa que as próteses sejam permanentes, pois se ocorrer o desenvolvimento de contratura, não importa se de forma precoce ou mais tardia, haverá necessidade de trocar as próteses.

PlasticaMontano

Arte e Ciência

Dr Juan Carlos Montano Pedroso

Cirurgia Plástica em Moema

MARQUE SUA CONSULTA