Blefaroplastia

Descrição

Fatores como idade, exposição ao sol, problemas emocionais, entre outros, poderão deixar sua marca no território das pálpebras. A cirurgia plástica das pálpebras corrige apenas os excessos de pele e gordura e flacidez muscular do território palpebral, podendo, em certos casos, melhorar o aspecto funcional além de estético.

Anestesia

Em boa parte dos casos é feita com anestesia local e sedação, sendo em alguns casos realizada com anestesia geral.

Período de Internação

Anestesia local com sedação: 8 horas
Anestesia geral: 12 a 24 horas

Cicatriz

Sendo a pele das pálpebras de espessura muito fina, as cicatrizes tendem a ficar praticamente disfarçadas e imperceptíveis nos sulcos da pele.

Recuperação Pós-cirúrgica

O edema (inchaço) dos olhos varia de paciente para paciente, assim como a presença de pele de coloração roxa (equimose). Existem aqueles (as) que já no 5º dia apresentam-se com um aspecto bastante natural. Outros irão atingir este resultado mais tardiamente. Mesmo assim, os 3 a 5 primeiros dias do pós-operatório são aqueles em que existem maior “inchaço” das pálpebras. O uso de óculos escuros poderá ser útil nesta fase, assim como a utilização de compressas frias para diminuir a intensidade do edema. Somente após o 3º mês é que poderemos dizer que o edema residual é discreto. Recomenda-se um período de duas semanas de repouso relativo.

Curativos/Proteção

Apenas compressas frias nos olhos nos primeiros três a cinco dias.

Pontos

Os pontos são retirados com 7 dias.

Informações adicionais poderão ser encontradas na Central do Paciente.