Tumores de pele

Descrição

A exposição prévia ao sol e outros fatores de risco podem levar ao desenvolvimento de câncer de pele, tais como o carcinoma basocelular e o carcinoma espinocelular. Tais tumores são mais comuns na região da face e pescoço, além da região dos membros superiores. A retirada completa destes tumores promove a sua cura na maioria dos casos. Dependendo da localização e do tamanho do tumor poderão ser necessários enxertos de pele ou retalhos para o reparo da lesão.

Anestesia

Anestesia local. Em casos de tumores maiores, uma sedação poderá ser necessária.

Período de Internação

O paciente permanece apenas o tempo necessário para realização do procedimento, recebendo alta na sequência.

Cicatriz

A posição e extensão da cicatriz dependerão da localização e tamanho do tumor.

Recuperação Pós-cirúrgica

Dependendo da localização e porte da cirurgia, o paciente deve programar suas atividades profissionais, sociais, domésticas ou escolares, de modo a não se tornar indispensável a terceiros, por um período de aproximadamente 1 a 2 semanas. Neste período o paciente deverá evitar esforços físicos e expor-se desnecessariamente ao ambiente externo. Pode haver inchaço, equimoses (pele de coloração roxa) e leve desconforto nas primeiras duas semanas.

Curativos/Proteção

Curativos simples (gaze e micropore) são usados nas duas primeiras semanas.

Pontos

Os pontos não absorvíveis serão retirados com 7 a 15 dias da cirurgia.

Informações adicionais poderão ser encontradas na Central do Paciente.